7 Cantos do Mundo

Desafio Wanderlust, por Laura Sette

Fui desafiada pela Marcella Pacca, do blog Segredos de Viagem a participar do Desafio Wanderlust! É uma brincadeira entre blogueiros de viagem que está rolando por aí, desde sabe-se-lá-quando, tendo começado em sabe-se-lá-quem.

São 10 perguntas variadas e curiosas sobre viagem. Até eu mesma me surpreendi com algumas das respostas. É bem divertido! Confira a seguir.

Mas antes, o que é Wanderlust?

Suas definições de Wanderlust foram atualizadas. 😬

Vamos às perguntas!

1. Quando e para onde ia o seu primeiro avião?

A minha primeira viagem de avião foi em 1988, quando eu tinha algo entre 9 e 12 meses de vida. Tive que recorrer à minha mãe para responder essa! Íamos para Porto Alegre, sua cidade natal. Ela chuta que foi entre os meses de maio e agosto daquele ano, pois ela lembra que estava frio (e vendo pela minha idade, claro).

Olha eu aí! Vê se pode uma coisica tão pequena numa poltrona imensa dessa!

Minha primeira viagem de avião, em 1988

Bom, por motivos óbvios, eu não me lembro da minha primeira viagem de avião. Mas tenho lembranças de viajar ainda bem nova quando criança. Eu amava viajar de avião! E também de ir vê-los pousar e decolar no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Meu avô foi um importante diretor da Varig (RIP 🙁 ), então minha família sempre foi muito ligada à aviação – que desde cedo exerceu forte fascínio sobre mim! Eu abusava do meu avô, pedia sempre para que ele me levasse lá para ver os aviões (hehehe).

2. Para onde já foi e gostaria de voltar?

Essa é difícil. Eu não costumo ter vontade de voltar à maioria dos lugares que conheço. Não por não gostar deles, não me entenda mal! Mas penso que o mundo é tão grande e há tantos lugares novos para conhecer, que seria quase como um desperdício ir novamente a um lugar que já conheço. Mas estou começando a mudar um pouco essa forma de pensar.

Eu voltaria, então, ao Deserto do Atacama, no Chile, e ao Salar de Uyuni, na Bolívia.

Deserto do Atacama – Chile

Salar de Uyuni – Bolívia

A outros lugares, eu voltaria porque os conheci em uma época não muito propícia: no alto inverno. São eles: Ushuaia (por ser na Patagônia, um lugar com o qual sonho há muito tempo), e Holanda (pois quero muito ver os campos de tulipas). A Bahia é um lugar que, apesar de não estar nos meus planos próximos, se surgisse uma oportunidade eu não negaria, pois é um cantinho que eu amo de paixão!

3. Você está viajando amanhã e dinheiro não é problema. Para onde você iria?

Eu iria pra algum lugar quente! Confesso que estou um pouco cansada do frio dinamarquês. Acho que escolheria alguma praia paradisíaca no Índico ou Pacífico. Algo como Tailândia, Vietnã, Filipinas, Indonésia, Polinésia Francesa – ou todos estes em sequência, por que não? Um mar verde esmeralda de águas cristalinas e um bangalô charmoso e tranquilo. É tudo que eu queria!

4. Método preferido de viagem: avião, trem ou carro?

Definitivamente não é (mais) avião. Lembra que eu falei que eu adorava voar quando era criança? Isso se estendeu até pouco tempo atrás. Eu não via a hora de entrar no avião, e ficava até torcendo para pegar voos mais longos e com mais conexões só para poder andar mais de avião. Vê se pode! (É tipo criança que quer quebrar o braço só para usar gesso, colocar aparelho e usar óculos. Vai entender!)

Porém, de alguns anos pra cá, eu passei a ter um medo inexplicável de avião. Hoje em dia suo frio ao pensar em entrar em uma aeronave. Não faço ideia de onde veio isso! Fato é: avião deixou de ser meu meio de transporte preferido. Mas o uso, né? Seja por falta de opção, seja por ser mais barato e rápido do que trem (ex: na Europa).

Adorei viajar de trem no meu mochilão pela Europa em 2010/2011, e se eu tiver oportunidade (e grana), viajarei assim de novo! É fácil, prático, seguro… só é um pouco caro. E também restrito aos lugares que possuem uma malha férrea suficiente – o que não é o caso do nosso Brasilzão, infelizmente.

Já carro… nossa, adoro uma road trip! Acho o máximo ir conhecendo lugares no caminho, as transições de paisagem, pequenas cidades que não estavam no roteiro e ter a flexibilidade de mudar os planos e curtir as boas surpresas que o acaso nos guarda.

5. Site preferido de viagem

7 Cantos do Mundo hahaha brincadeira! Ou não. 😜

Zoeiras à parte, eu curto muito o Dubbi (eu falo sobre ele aqui nesse post). Vire mexe entro para tentar responder a dúvida de algum amiguinho, fazer alguma pergunta, pesquisar sobre o meu próximo destino, ou simplesmente entro de besta mesmo para ver os meus kms e navegar à toa. 😀

Outro site que eu uso muito é o Skyscanner. Sou a rata das passagens baratas! Quando estou planejando uma viagem, ligo mil alertas de preços para tentar pegar aquela com o melhor custo-benefício possível.

Claro que gosto de muitos blogs de colegas e os acompanho de tempos em tempos. Seriam muitos para citar aqui, mas eu ainda farei um post dedicado a isso!

6. Para onde você viajaria só pra comer comida local?

Itália ou Tailândia.

Itália por motivos óbvios: acho que todo brasileiro, principalmente paulistano, não resiste a uma pasta italiana!

Já a Tailândia, é por uma história mais recente. Fui conhecer essa gastronomia apenas quando me mudei para Dinamarca, já que aqui estes restaurantes são bastante comuns. E adivinha? Me apaixonei pelo Pad Thai (e outros pratos também). Adoraria comê-los em seu país de origem.

Taste of Thai - Onde comer bem em Copenhague - 7 Cantos do Mundo

É ou não é lindo esse Pad Thai? <3

7. Você sabe o seu número do passaporte de cabeça?

Não. Eu até sabia o meu anterior, mas o meu novo eu ainda não consegui decorar (desde 2013). 😛

8. Você prefere o assento do meio, corredor ou janela?

Janela! Desde pequena até hoje, sempre janela. Acho que sou uma eterna criança…

E claro que isso sempre me traz problemas, pois tenho uma bexiga do tamanho de uma azeitona e bebo água que nem um elefante, então sempre tenho que incomodar os meus vizinhos para ir ao banheiro algumas vezes durante o voo.

9. Como você passa o tempo quando está no avião?

Se é um voo curto, eu leio o meu livro da vez, jogo o bom e velho Candy Crush (mas minhas vidas acabam rápido 😛 ), converso se houver companhia, e às vezes aproveito o tempo para fazer um exercício de relaxamento/meditação. Ah, faço xixi também, lembra? 😛

Se é um voo longo, além das atividades já citadas, eu vejo um filme, e me entupo de Dramin e vinho (só o Dramin não é suficiente) para tentar dormir – o que consigo pouco e a muito custo. Confesso que invejo aquelas pessoas que dormem que nem um bebê durante toda a viagem e chegam zeradas. Eu chego parecendo que voltei da Guerra dos Cem Anos.

10. Existe algum lugar para onde você nunca mais voltaria?

Nunca mais é muito tempo. Acho que eu só diria isso de nunca voltar a um lugar se eu tivesse tido alguma experiência muito muito ruim e/ou traumática – o que, graças a deus, nunca aconteceu.

E aí, curtiu?

Agora eu desafio a Lígia Antoniazzi, do blog Vamos Fugir, a Lidiane Albuquerque, do blog Viajar pela Europa, e a Carina Takahama, do blog Mundo Viajável (e também colaboradora do 7 Cantos do Mundo).

Estou curiosa para ver as suas respostas, meninas. Valendo! 😉

E você, amig@? Quer participar também? Deixa um comentário com as suas respostas! 🙂

 Já segue o 7 Cantos do Mundo nas redes sociais?

instagram
 Comece a planejar sua viagem agora mesmo!

Reservando com os nossos parceiros, você não paga nada a mais por isso, e ajuda um pouquinho o blog 🙂

Temos parceiros para hospedagem, seguro viagem, aluguel de carro e agência de viagens, ecoturismo e bem estar, com roteiros prontos ou personalizados.

Veja AQUI.

 Achou este post bacana? Curta, comente, compartilhe!

Sobre a autora Ver todos os posts Site da autora

Laura Sette

Sou paulistana, bióloga, viciada em viagens, trilhas, livros e café, curiosa incansável e nerd assumida. Considero-me uma eterna aprendedora, e estou em constante busca da minha melhor versão. Acredito no poder transformador do autoconhecimento, e que, com amor e verdade, somos capazes sim de mudar o mundo! Moro atualmente na Dinamarca, como parte do grande plano de conhecer os 7 Cantos do Mundo.

Comente! :)

14 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *