7 Cantos do Mundo

Hostal Mamatierra: excelente opção em San Pedro de Atacama

Aí você está organizando sua trip para o apaixonante Deserto do Atacama e, na hora de escolher um local para se hospedar, descobre que San Pedro de Atacama oferece muitas, mas muitas mesmo, opções de hostel. E aí, com todo o tempo do mundo que se ostenta num período pré-viagem (#sqn), lá vai você pesquisar e ler mil revisões no TripAdvisor e sites de busca. Te aconselho super a fazer isso, claro, sempre. Mas se você permite a minha humilde pessoa te fazer uma recomendação, você pode dedicar aquele tempo para ler coisas mais interessantes, pois te dou aqui, de lambuja e sucintamente:

7 motivos para ficar no Hostal Mamatierra

1. Ambiente bacaninha e tranquilo

Logo de cara, já simpatizei com o nome do hostel: Mãe Terra. (Tá, eu sei que isso não faz a menor diferença, mas eu achei legal). O estabelecimento não é muito grande, mas ainda assim é todo aconchegante, bem decorado (uma graça!) e tem uma área comum externa que convida à socialização com outros hóspedes – mas na medida certa, sem festas, gritarias e música alta. Eu vejo isso como uma vantagem, e você?

2. Quartos confortáveis por um bom preço

O hostel oferece quartos privativos para dois ou coletivos mistos para três ou cinco pessoas. Eles são pequenos, mas confortáveis. E o fato de alocar poucas pessoas diminui a possibilidade de barulho e bagunça. Ah, e a cama é super confortável e quentinha!

Atualmente, os valores por pessoa são, em média:

Dormitório para 5 com banheiro compartilhado: R$ 65 por noite

Dormitório para 3 com banheiro compartilhado: R$ 70 por noite

Quarto privado (casal ou 2 camas) com banheiro compartilhado: R$ 90 por noite

Quarto privado (casal ou 2 camas) com banheiro privado: R$ 115 por noite

PS: confesso que me assustei um pouco com os preços atuais; subiram cerca de 30% desde que estive lá. Ainda assim o Hostal Mamatierra apresenta valores competitivos.

3. Limpeza

Banheiros, box de banho, cozinha, quartos, área externa: tudo no padrão brasileiro de limpeza. Eles oferecem, inclusive, uma área de serviço externa com tanque e varal para lavar algumas peças de roupa. Convenhamos, com o tanto de sal e poeira que se encontra no caminho, pode vir bem a calhar.

4. Café da manhã generoso e cozinha equipada

A cozinha é bem equipada e fica sempre disponível para uso. Eles oferecem sal e óleo.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O café da manhã é muito bom e variado: pão, margarina, geléia, queijo, presunto, leite, chocolate, café, chá, iogurte, ovo, sucrilhos e salada de frutas. Bem gostoso!

5. Banho quente 24h mesmo

Acredite, isto é uma coisa a se levar bastante em consideração quando se busca um hostel em San Pedro de Atacama. Ouve-se muito que alguns hostels não oferecem banho quente, ou pelo menos não o dia todo, mesmo que digam que o façam. Pensando que à noite as temperaturas caem significativamente e que só volta a esquentar lá para o meio da manhã, é provável que você prefira ter um chuveiro quente à sua disposição. E no Hostal Mamatierra isso é garantido.

6. Serviços diversos

  • Wifi que funciona
  • Traslado ao aeroporto de Calama (pago à parte)
  • Agência de turismo interna
  • Depósito para bagagem
  • Sala de estar com TV
  • Ao lado do mercado mais econômico da cidade
7. Detalhes/mimos que fazem a diferença

As diárias incluem toalha de banho. Os banheiros compartilhados contam com sabonete líquido e com uma toalha de rosto sempre cheirosa. Os atendentes são simpáticos e tranquilos, e existem alguns moradores permanentes do local: o Don Cán (que, como logo se conclui, é um cão) e alguns gatos, que ficam soltos por ali, fazendo companhia aos hóspedes.

O Hostal Mamatierra fica a uns 10 minutos a pé da Calle Caracoles (rua principal da cidade), e isso não foi problema algum. A cidade é pequena e segura, inclusive à noite. A verdade é que eu amei este hostel, e não consigo apontar nenhum ponto negativo. Vai por mim, eu agarantcho

Localização

Calle Pachamama 615 – San Pedro de Atacama

Horários

Check in: 14h00

Check out: 11h00

Gostou do Hostal Mamatierra?

Aproveite e pesquise a disponibilidade e tarifas deles para a sua trip aqui pelo blog (clicando neste link, ou na caixinha na barra lateral) – você não paga nada mais por isso e me ajuda a manter o blog 🙂 Gratidão!

Data da estadia: março de 2014.

Este não é um post patrocinado. Todas as despesas da viagem foram pagas por mim e as opiniões aqui expressas são genuínas, decorrentes de minha experiência pessoal. Os valores aqui apontados foram pesquisados em janeiro/2015 e são apenas para se ter uma base; recomendo consultar os preços mais atuais.

 Achou este post bacana? Curta, comente, compartilhe!

Sobre a autora Ver todos os posts Site da autora

Laura Sette

Sou paulistana, bióloga, viciada em viagens, trilhas, livros e café, curiosa incansável e nerd assumida. Considero-me uma eterna aprendedora, e estou em constante busca da minha melhor versão. Acredito no poder transformador do autoconhecimento, e que, com amor e verdade, somos capazes sim de mudar o mundo! Moro atualmente na Dinamarca, como parte do grande plano de conhecer os 7 Cantos do Mundo.

Comente! :)

15 ComentáriosDeixe um comentário

  • Boa noite vou ao Atacama em junho mais especificamente dia 20 gostaria de sber se o frio é muito intenso a ponto de náo curtir os passeios,fiz reserva neste hostel mas falaram que não tem calefação será que dá para aguentar? bjs grata

    • Olá, Veranize, tudo bem?
      Vamos lá: nos arredores de San Pedro de Atacama, de dia o sol é intenso e, na maior parte do ano, faz muito calor. Em julho, os dias são menos quentes, claro, frescos talvez. Nos passeios mais distantes de San Pedro (ex: Lagunas Altiplánicas e Salar de Tara) faz um pouco mais de frio sim, e venta bastante. Mas nada disso vai prejudicar os seus passeios.
      Onde sim você vai pegar muito frio – independente da época do ano – é no passeio dos Geysers del Tatio. Chegamos lá por volta das 6h da manhã, e as temperaturas são sempre negativas neste horário. Em março, peguei -10°C; em julho, escutei que pode chegar a -20 e tantos. Ou seja, vá preparada!
      À noite faz frio em San Pedro, mas não é um absurdo – acredito eu que nem chegue a 0°C. O quarto deste hostel é bem quentinho, a cama também. Eu passei zero frio durante a noite, sério. Espero que seja ótimo para você também! 🙂
      Fique tranquila, você vai curtir muito! Estando preparada, não tem o que dar errado.
      Sugiro ler este post sobre as perguntas frequentes: Deserto do Atacama: F.A.Q.. O item nº7 fala exatamente sobre temperaturas 🙂
      Um beijo!

  • Laura, eu fiz a minha reserva no Mamatierra para ir com meu irmão em agosto. Fiz pelo Booking, e vi dicas boas, e dentre as opções era um dos mais baratos. E lendo seu relato, dá pra ir mais seguro, rsrsrs… Mas tenho uma dúvida q não sei se vc poderá me ajudar. Eles me ofertaram um pacote com os passeios “básicos” (Lagunas Altiplânicas, Gêiseres de Tatio, Laguna Cejar e Valle de la Luna) por 65 mil pesos chilenos. Como não tinha noção se isso era caro ou barato, saí mandando e-mail para outras agências perguntando o preço. Uma delas foi a Ayllu, q mta gente em relatos de viagem por blogs aí afora disse ter usado. O preço dele nesse msm “pacote” sairia por volta de 200 mil pesos! Ou seja, mais de 3x o valor da oferta do hostel. Oq eu queria saber então é, o preço do Mamatierra é coerente? É claro q prefiro pagar o menor valor, mas é confiável usar os serviços deles? Obrigado desde já!

    • Fala, Thiago! Que legal que reservou o Mamatierra, vc vai gostar! =]
      Eu te diria que é muito mais confiável o preço que o pessoal do hostel te passou do que as outras agências que vc consultou. Por que digo isso? Porque as agências enfiam a faca quando vc fecha pacotes à distância. O preço da agência interna do Mamatierra é confiável sim, e acredito que eles tenham te passado um preço mais “realista”, já que vc já está indo se hospedar com eles, entende? A relação já fica mais próxima. Acredito que qualquer agência que vc encontre na internet e faça uma cotação de pacotes de passeios vá te passar preços bem acima. Resumindo: sim, o preço é coerente. Mas ainda assim, eu deixaria para fechar tudo lá, pois vc pode pechinchar e conseguir uns descontos (além de ter mais opções de agências na Calle Caracoles). Eu falo um pouco disso no post Deserto do Atacama: F.A.Q., vc já leu?
      Se tiver mais dúvidas, me escreva! 😉
      Abraço!

  • Laura, boa tarde.

    Encontrei seu blog pelo Google e amei e esta salvo nos meus Favoritos, excelentes dicas e uma escrita gostosa de ler.

    Acatei sua dica e já estou lendo os outros posts relacionados.

    Tks 🙂

    • Oi Simone! Sabe que eu não sei? rs
      Eu estava com uma amiga, no quarto havia mais uma cama que sempre estava ocupada por uma menina, então não sei se foi coincidência, ou se era um quarto feminino mesmo! Não ajudei muito, né? haha bjos

  • Oi Laura!

    Nossa, muito obrigada pela sua postagem. Acabo de reservar o pack de passeios e as minhas diarias com o Mamatierra. Acredito que seu post me deu essa confiança e sei que vai ser um super passeio na minha vida!

    Valeu super por suas dicas. Adorei o blog. 🙂

    • Talita, tudo bem? como foram os passeios? também estou prestes a fechar. Pesquisei muitos hostel e creio que o Mamatierra também foi a melhor opção, até em questão de atendimento. Eles são rápidos, solicitos, educados e pacientes. Pois como estou cotando com várias agências, toda hora envio um e-mail diferente. Grata

  • Gente!!!!!Boa noite!!! Estou super empolgada… será minha primeira viagem Solo.. um mini mochilão (se é que existe) de 10 dias… entre Atacama e Santiago… ao ler o blog me empolguei mais ainda… é disso que preciso.. boas vibrações.. um lugar para reencontrar-me. SENSACIONAL. Parabéns Laura 🙂
    Você fechou os passeios com quais agências?

    • Olá, Ana Paula! Obrigada pelo comentário tão empolgado! 😀
      Eu acabei fechando os passeios com uma agência qualquer no centro de San Pedro (na Calle Caracoles há infinitas!). Você chegou a ler o meu post “FAQ” sobre o Deserto do Atacama? Lá tem várias perguntas respondidas, acho que pode te ajudar 🙂 LEIA AQUI.
      Obrigada pela visita aqui no blog, e boa viagem! bjos

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *