7 Cantos do Mundo

Hostel Pariwana: melhor opção em Cusco e Lima

Está indo para Cusco e/ou Lima e precisa de uma indicação de um hostel bacana, ponta firme, totalmente excelente?

Tó, de mão beijada: Hostel Pariwana. E te dou um bom motivo para se hospedar nele… ou melhor, te dou sete!

7 motivos para se hospedar no Hostel Pariwana

1. Ambiente acolhedor


A atmosfera do hostel é muito agradável e permite bastante interação social. A área comum tem mesa de ping-pong, pufes espalhados, sala de TV e sala de computador com sofás e um bar com música e movimento o dia todo.

Hostel Pariwana - Cusco

Hostel Pariwana – Cusco

2. Estrutura: conforto e limpeza


O hostel oferece desde suítes privadas até dormitórios com 14 camas, a maioria misto. Fiquei em dormitórios de 8 e 10 pessoas (mistos), com banheiro fora do quarto.

Os quartos são quentinhos (à noite faz frio em Cusco), limpos, espaçosos, as camas são largas (e em Cusco os edredons são os melhores do mundo, sério), identificadas com seu nome e data de chegada/saída, com lockers individuais e tomadas internas.

Os banheiros (podem ser dentro ou fora do quarto) são limpos e com privacidade (cada “cabine” contém vaso, pia e chuveiro individuais), o  banho é quente 24h/dia (apesar de haver um aviso de possível interrupção da água durante a noite em julho/agosto em Cusco, quando as chuvas são mais escassas).

3. Serviços e facilidades diversos


  • Recepção aberta 24h/dia
  • Depósito gratuito (você pode passar vários dias fora e deixar suas coisas lá)
  • Traslado de/para aeroportos (cerca de S/15 em Cusco e S/55 em Lima)
  • Segurança 24h/dia, e os hóspedes tem pulseirinhas com identificação
  • Caixa eletrônico (Global Net ATM) e telefone público dentro da área comum
  • Água à venda na recepção
  • Mesa com folha de coca (em Cusco) e chás à vontade 24h/dia
  • Cozinha disponível para uso dos hóspedes

4. Comida boa e barata


O café da manhã incluído na diária é modesto, mas gostoso: pães variados, margarina e geleia, cereal, chás, café e leite. Há outras opções pagas à parte: salada de frutas, sucos, omeletes, etc.

O menu do bar no jantar (não lembro se ele abre no almoço, eu nunca estava lá) é variado, a comida é gostosa e com um preço acessível.

5. Atividades diárias diversas


De dia, atividades como aulas de yoga, passeio à cavalo, city tour, etc. Eles anotam tudo em um painel no pátio comum, e vale consultá-lo dia a dia (eu não fiz isso) para não perder as atrações gratuitas (eu perdi), que a cada dia da semana são diferentes.

À noite, aulas de salsa, campeonato de ping-pong e beer pong, happy hours e festas temáticas. Igual: consultar o painel e as plaquetas que eles colocam diariamente. Ah, as festas são animadas, mas o som é bem isolado, porque depois das 22h rola a lei do silêncio, então (a não ser que seus colegas de quarto sejam sem noção) você vai conseguir dormir.

6. Equipe bacana


A equipe do hostel é super simpática, prestativa e atenciosa. E o mais bacana é que eles aceitam estrangeiros viajantes para trabalhos temporários. Tá, muitos hostels fazem isso, mas acho legal sempre que me deparo com um assim.

7.  Boa orientação turística


O hostel fornece mapas bem completos, mostrando os principais pontos turísticos das cidades e dando dicas bastante úteis. Nos painéis do pátio também há diversas informações, e a equipe é preparada para orientar e prestativa quando precisamos. Dentro do próprio hostel, tem uma agência de turismo que oferece passeios, o que é bastante normal, mas não deixa de ser uma comodidade digna de nota. Em Cusco, utilizei o serviços deles (inclusive para fazer a trilha Salkantay, de 5 dias) e achei justo, ok. Já em Lima, acabei não utilizando, pois considerei os preços um pouco altos ao meu orçamento e fiz as coisas por conta própria.

Mapas de Cusco e Lima fornecidos pelo Hostel Pariwana

Fica aqui registrada a minha dica de hostel para Lima e Cusco. Vai por mim, eu agarantcho

HOSTEL PARIWANA LIMA
Av. Larco, 189 – Miraflores

lima@pariwanahostel.com

HOSTEL PARIWANA CUSCO
Av. Mesón de la Estrella, 136

cusco@pariwanahostel.com

Data da estadia: outubro de 2014.

Este não é um post patrocinado. Todas as despesas da viagem foram pagas por mim e as opiniões aqui expressas são genuínas, decorrentes de minha experiência pessoal.

Achou este post bacana? Curta, comente, compartilhe!

               

Sobre a autora Ver todos os posts Site da autora

Laura Sette

Sou paulistana, bióloga, viciada em viagens, trilhas, livros e café, curiosa incansável e nerd assumida. Considero-me uma eterna aprendedora, e estou em constante busca da minha melhor versão. Acredito no poder transformador do autoconhecimento, e que, com amor e verdade, somos capazes sim de mudar o mundo! Moro atualmente na Dinamarca, como parte do grande plano de conhecer os 7 Cantos do Mundo.

Comente! :)

16 ComentáriosDeixe um comentário

    • Há quem diga que o Loki é muito, digamos, “loki”…rs altas festas, impossível de dormir. Não sei, não conheço.
      O Pariwana tem um pouco de tudo, na medida certa. Recomendo de olhos fechados!

  • Olá estou pretendo fazer uma viagem sozinha. Mas ainda estou pesquisando muito sobre onde ficar e etc. Essa dica do hostel que vc indicou parece ser ótimo. Será que poderia dividir sua experiência em Cusco?

    • Olá, Leticia! Também viajei sozinha para o Peru e amei o hostel Pariwana! Conheci pessoas muito bacanas (que mantenho contato até hoje), o ambiente é super agradável (nem agitado demais, nem morto demais), acomodações e banheiros limpos, tem a agência própria deles lá dentro, bom preço, boa localização… não tenho nada a reclamar! Acho que vc faz um bom negócio em se hospedar lá. Se for reservar este ou outro hostel, reserve aqui pelo meu site (na coluna à direita tem a caixinha do Booking), assim a gente se ajuda! hehehe 🙂 Valeu! Beijão

  • Laura boa tarde!
    Estou indo agora inicio de dezembro para o Hostel Pariwna, poxa gostaria de tirar uma duvida com voce:
    ja fiz a reserva no Pariwana, depois de 22 horas, acaba tudo mesmo?
    O bar nao fica aberto, como sao as festinhas?
    Alem dos passeios, vou curtir tambem o Hostel? Vale apena? O preço das bebidas, refeiçoes.
    Pode explicar melhor esses happy hours? Forte abraço e boa semana !

    • Fala, Vitex! Não acaba tudo cedo não, fica até um pouco mais tarde (acho que meia noite). Rolam umas festinhas bacanas, mas é coisa mais leve se comparado a outros hostels sabidamente festeiros (como o Loki ou o Wild Rover), entendeu? Não me lembro que horas fecha o bar, mas não é muito tarde, deve ser pela meia noite tbm. Vc vai curtir o hostel sim! Eu conheci gente demais lá!! Toda noite tinha cia pra jantar/sair. As refeições tem um preço bem acessível (não é ultramega barato, mas é mais barato do que alguns restaurantes no centro). Apesar que recomendo vc comer fora tbm, pq a comida peruana é muito boa e vale a pena ser explorada. Os happy hours são mini-festinhas no bar. Vc vai curtir o hostel, tem uma vibe bem legal! Boa viagem!! 🙂 Abraço

  • Oi, tudo bem?

    Estou pensando em me hospedar no hostel, tem bastante brasileiros que se hospedam lá?
    Meu espanhol é bem fraco, será que vou ter dificuldade em me comunicar com os funcionários do hostel ou é tranquilo?

    • Oi, Isadora! Com atraso pq estava de férias…rs
      Tem bastante brasileiro, sul americano, europeu.. gringo de tudo que é canto! Não se preocupe quanto à língua, mesmo que eles não super falem português, eles entendem! E vc vai conseguir entender tbm, eles são bem atenciosos. Vai tranquila! 🙂

  • MARAVILHOSO !!!
    Adorei e recomendo.
    Recomendo tambem o INCA JUNGLE, 4 dias de trilha ate Machu Picchu, resumindo, tudo nota 10, adoreiiii !!!
    Bjao querida e obrigado por tudo !

  • Fiquei hospedada nesse hostel de Cuzco em 2012, e nao tinha nada disso. Nem festas, nem passeios, nem aulas, nada disso. Inclusive achei as estruturas bem antigas, o quarto que fiquei (pra tres pessoas com banheiro dentro) nao tinha janelas e cheirava a mofo, e o banheiro (sem janelas tb) era cheio de limo. Pelo jeito melhoraram badtante a infraestrutura de lá pra cá, pq eu já vi outros reviews falando muito bem de lá. Bom saber!

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *