7 Cantos do Mundo

Pousada Alquimia: o charme de Aiuruoca – MG

A Pousada Alquimia é o verdadeiro charme de Aiuruoca!

Pousada Alquimia - Aiuruoca - MG

Esta cidadezinha de nome engraçado, localizada no sul de Minas, é um verdadeiro refúgio aos que buscam renovar o espírito com paz, tranquilidade e muito contato com a natureza. Imagino então que você também vá querer se hospedar em um lugar que cultive estes aspectos, certo?

Por isso que eu me a-p-a-i-x-o-n-e-i pela Pousada Alquimia! Ela fica em um lugar isolado e com vista para a mata – que, diga-se de passagem, me proporcionou ser recebida, assim que cheguei, por… tucanos! Glória, a dona, é muito querida e faz tudo com muito carinho. A gente sente quando a pessoa ama e cuida do lugar, né? É só amor e boas energias!

Veja a seguir as principais informações de que você precisa para conhecer a pousada (e também se apaixonar) :

Localização

A Pousada Alquimia, ainda que isolada, é fácil de se chegar – apesar de você pensar que não da primeira vez. Saindo da BR-267, você pega a estrada (asfaltada) de acesso à cidade de Aiuruoca. Em breve, você verá uma placa rústica da pousada indicando saída à direita, onde há uma casinha de ponto de ônibus (que lá eles chamam de guarita), para uma estradinha de terra pequena. Você anda apenas 800m nesta estradinha, mantendo a mão direita; passa por umas casinhas rurais até chegar à última propriedade desta rua, onde logo se vê uma plaquinha: Pousada Alquimia!

Pousada Alquimia - Aiuruoca - MG

A pousada está a 7 km do centro de Aiuruoca (por aquela estrada de asfalto), e próximo do Vale dos Garcias, muito procurado pelas suas cachoeiras e poços, além de ponto de partida para subir o Pico do Papagaio.

Nota mental: Se você, assim como eu, pensou em se hospedar no centro da cidade, por talvez ser mais em conta e ficar perto do movimento, “des-pense”. Primeiro: não há movimento! haha A cidade é muito pacata e mal você vai encontrar um lugar para jantar, não tem muitas opções além da Pizzaria Dona Azeitona; pois é, não tem muito o que fazer por lá. Segundo: ficar próximo à natureza em um lugar com uma energia incrível faz toda a diferença! Ainda que saia um pouquinho mais caro, vai valer a pena para sua alma. Trust me!

Quartos

Os quartos são rústicos, aconchegantes, não têm televisão (ponto positivíssimo!), e são decorados com temas budistas e indianos – muito charmosos! As imagens falam por si só, se liga:

Suíte Buddha

Chalé Krishna

Suíte Shiva

Chalé Lakshmi

Suíte Ganesha

Área comum

A área externa compreende um jardim maravilhoso que por si só já é uma atração. Existe um cedro de 120 anos que “vigia” todos por lá.

Cedro de 120 anos no jardim da pousada

Cedro de 120 anos no jardim da pousada

A área comum conta com uma sauna, uma cozinha para uso dos hóspedes e uma sala de leitura/espaço de convivência, que também serve de bistrô em noites de feriados, quando temos o prazer de ouvir um delicioso som de voz e violão acompanhado do prato do dia. Nestas ocasiões, é preciso reservar o jantar com antecedência, pois ele é preparado sob demanda.

Café da manhã

O café da manhã é um espetáculo à parte. Olha, eu sou uma pessoa viciada em café da manhã – e que ama café da manhã de pousada! – então pode confiar na minha opinião, tá? hehe Muita coisa caseira (pão, iogurte, geleia) feita com carinho, e bastante variedade! Achei curioso uma coisa: ele é servido das 8h30 às 11h00, um horário bem diferente do que costumamos ver em outros lugares. É realmente para você dar uma desacelerada e curtir o momento!

A Pousada Alquimia é demais, não é? Garanto que você vai adorar a estadia! Só cuidado que, se você for, você não vai querer ir embora, hein? 😉 Toma aí mais alguns motivos para te conquistar de vez:

Fotos: Alexandre Magno

Gostou da Pousada Alquimia?

Então aproveite e pesquise a disponibilidade deles para a sua trip aqui pelo blog (clicando neste link, ou na caixinha na barra lateral) – você não paga nada mais por isso e me ajuda a manter o blog 🙂

GRATIDÃO 

Aproveita e salva este pin no seu Pinterest! 😉

Data da estadia:  Fevereiro de 2016.

 Importante: Este não é um post patrocinado. As despesas da viagem foram pagas por mim, e as opiniões aqui expressas são sinceras e decorrentes de minha experiência pessoal.

Achou este post bacana? Curta, comente, compartilhe!

Sobre a autora Ver todos os posts Site da autora

Laura Sette

Bióloga paulistana que não vai sossegar enquanto não conhecer os sete cantos do mundo. Apaixonada por natureza e culturas, é perdendo-se por aí que ela se encontra. É viciada em livros e café, positividade é sua filosofia de vida e não perde uma oportunidade de rir e fazer rir com uma (nem tão) boa piada.

Comente! :)

20 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *