7 Cantos do Mundo

Sete praias imperdíveis no litoral sul da Bahia

Que a Bahia é linda, todo mundo sabe, meu rei! Mas será possível que uma lindeza seja mais linda do que outra? Rapaz, sei não!

Só sei que conheci uns cantinhos por lá que eu acho que você vai ter que dar um jeito de ir visitar. Papo sério. Estou falando de sete praias no litoral sul da Bahia que são “indeixáveis” de conhecer!

Nota mental: Estou chamando aqui de litoral sul o que fica ao sul de Salvador, normalmente tomado como referência, e não necessariamente lá no sulzinho do estado, ok? Só para alinharmos 😉

A maioria está na Costa do Descobrimento, que (isso, você adivinhou!) é a região onde Seu Cabral primeiro colocou os belos pezinhos em terras tupiniquins. Outras estão um pouco mais ao norte, na Costa do Cacau e na Costa do Dendê (esses nomes do litoral baiano são uma graça, não são?!).

Vamos a elas! As sete praias imperdíveis no litoral sul da Bahia – em minha muito humilde opinião e não em ordem de prioridade – são:

1. Cumuruxatiba

De estranho, ela só tem o nome. Apesar que esta praia é um tanto diferente de tantas outras que já vi! Sua faixa de areia – que é dura em sua maior parte – é bem extensa. O mar é calmo, de águas quentes e fundo lodoso. Tem um pier abandonado que, apesar de estar caindo aos pedaçoes, até dá um certo charme para a praia. É imperdível!

Em alta temporada

Praia lotada

Para chegar na cidade, você obrigatoriamente tem que passar por uma estrada de chão (BA-001) que passa por Prado, que não é lá das melhores, mas é tranquila.

Muito cheia mesmo 😛

Píer abandonado

Dica de hospedagem: Pousada Axé. Numa rua de frente à praia, a cerca de 5 minutos a pé do centro, rústica e confortável, bom café da manhã, com piscina e preço razoável (inclusive flexível para negociar). Super recomendo!

2. Caraíva

Caraíva é um cantinho mais do que mais que especial – e imperdível! A rotina por lá é bem diferente do que estamos acostumados. Pra começar, lá não circula carro, pois é tipo uma ilha – não é uma ilha, mas parece. Você chega de carro em Caraíva Nova pela BA-283, estaciona ali na beira do rio (estacionamento custa R$ 15/dia em alta temporada) e pega o barquinho (R$ 5,00 por pessoa) para atravessar para a “ilha” de Caraíva. Neste cais, tem um posto de controle que cobra uma taxa ecológica opcional de R$ 10 por pessoa.

Até dá pra chegar do outro lado da vila (parte sul) de carro (e estacionar fora dela) por uma estrada, mas é uma volta grande que se dá. Se você vier do norte, ou for sentido norte depois, acho que vale mais a pena parar o carro em Caraíva Nova e pegar o barco mesmo.

Caraíva - Bahia

Em Caraíva, tudo é pertinho, mas se locomover naquela areia fofa cansa, viu? Prepare as pernocas! E apesar da tentação, não ande descalço, pois dizem que existe um alto índice de bicho-de-pé (e não é nem o doce, nem a banda de forró, é o que dá coceira mesmo!).

Rio Caraíva e praias sentido norte

Praia sentido sul

O mar é mais bravo, a água é fresca,  e você pode nadar no rio também. De lá dá pra ir para Praia do Espelho a pé e para Ponta do Corumbau de buggy. Por fim, comer e beber é, em geral, barato – sempre existem os lugares mais gourmetizados, claro, mas você encontra vários lugares de um PF bem servido a R$ 15-20, por exemplo.

Vila de Caraíva, um charme à parte

Pôr do sol no rio Caraíva

Dica: Não deixe de conhecer a banda Caraivana. Música brasileira de excelente qualidade!

3. Ponta do Corumbau

A Ponta do Corumbau é imperdível mesmo! Putz, como é linda!

Ela é de fato em uma ponta do continente projetada no mar, e nesta parte você  tem um pedação de areia, onde o mar fica claro raso e com água quente. Tudo bem vazio e livre de comércio e multidão, mesmo em alta temporada.

Dobrando a “esquina” (a ponta), você encontra uma praia com um pouco mais de movimento, mas ainda super tranquila. Tem uns restaurantes gostosos à beira mar, alguns aceitam cartão. Tem umas espreguiçadeiras estratégicas para descansar depois de comer uma moqueca deliciosa. Se preferir, tem uns botecos e restaurantes mais roots no caminho também. Na minha opinião, passar o dia só está de bom tamanho, mas se você quiser pernoitar, tem umas pousadas por lá.

Dica: Apesar de ter estrada para chegar até a praia, o legal é ir de buggy a partir de Caraíva! O passeio é muito gostoso e custa em torno de R$ 70 por pessoa.

No buggy, a caminho da Ponta do Corumbau

Está curtindo? Que tal curtir também a nossa página no Facebook? 🙂

4. Praia do Espelho

A já famosa Praia do Espelho é certamente mais uma praia imperdível. Ela se destaca pelas lindas falésias e sua costa recortada. A cada canto de praia, ela parece que vai acabar; mas então, ao dobrar a “esquina”, ela surpreende e continua por muitas e muitas curvas. É enorme!

Praia do Espelho - Bahia

Confesso que a achei um tanto gourmetizada em alguns pontos – por exemplo, pousadas chiquetosas com tendas na areia e garçons servindo a galera – mas eu passei reto e descobri uns cantinhos bem sossegados. Em praticamente toda sua extensão, o mar é calminho e transparente. Demais!

Dica: Sei que dá pra chegar por estrada (apesar de não saber dizer como). Mas experimente uma coisa diferente: ir a pé desde Caraíva pela praia (20 km ida e volta); é uma caminhadinha boa em areia fofa, cansa um pouco as panturrilhas, mas o visual… é de tirar o fôlego!

5. Prainha (Itacaré)

Cena de filme. Sério. Fiquei abismada com a beleza e energia desta praia imperdível. Ouvi de um local: “Se você não foi à Prainha, você não conhece Itacaré”. Olha, Sr. Local, tenho que concordar! Parada obrigatória.

Ela fica isolada da cidade (ponto positivo!). Para chegar nela, tem que fazer uma trilha curta, de uns 30-40 minutos. Os guias vão te abordar e falar que não dá para chegar sozinho, mas é tranquilo ir sozinho sim. E eu ainda salvei o tracklog pra você! 🙂

A praia é bem vazia e tranquila. Talvez quem mais esteja presente são os surfistas, pois o mar é bravo. Tem um quiosque que vende algumas poucas coisas, como água de coco, cerveja e queijo coalho, mas se você sente muita fome, leve o seu lanchinho (e uma sacola de lixo, por obséquio).

Tracklog (Wikiloc): Trilha Itacaré – Prainha

Dica: Pesquise sua hospedagem aqui com o nosso parceiro Booking (clique no banner abaixo), que você ajuda um pouco o blog (e não paga nada a mais por isso). 🙂



Booking.com

6. Ponta do Mutá (Barra Grande, Penísula de Maraú)

Paradisíaca. Indescritível. Sensacional. Imperdível.

Ponta do Mutá - Barra Grande - Península de Maraú - Bahia

A Ponta do Mutá é (novamente) uma ponta de continente mesmo, situada na parte norete da Península de Maraú. A praia fica relativamente perto da vila (é como eles chama o centrinho de Barra Grande). As águas são super calmas e transparentes.

O melhor? O pôr do sol se põe no mar! Pra quem não sabe, isso só acontece em alguns lugares no Brasil, devido à nossa geografia, de ter o mar a leste (onde o sol nasce) do continente; apenas em costas mais recortadas, de modo que o mar fique a oeste, é possível observar tal (incrível) fenômeno.

Este slideshow necessita de JavaScript.

 Dica: a partir desta praia, você pode fazer um passeio de barco de um dia inteiro pela Baía de Camamu, passando pela Ilha da Pedra Furada, dentre outros atrativos, a R$ 40 por pessoa. Vale a pena!

7. Taipu de Fora (Península de Maraú)

A uns 20-30 minutos de Barra Grande por estrada de chão (bem ruim, diga-se de passagem), fica uma das praias que já foi considerada a mais bonita do Brasil. Ela certamente é imperdível, né? Dãr.

Infelizmente, o dia estava nublado e não contribuiu para fotos excelentes. Mas mesmo assim, deu para aproveitar. Sabe por que? 1) Porque a praia é linda mesmo assim; 2) Porque o legal dela é ver os recifes de corais! Sim, sim, dá pra ver um monte de peixinhos e algas e ouriços e anênomas e zás! A bióloga aqui vai ao delírio!

Importante: informe-se sobre o horário da maré baixa, pois é apenas nesta janela de cerca de 1 hora que é possível mergulhar e ver alguma coisa; tem um pessoal na praia que aluga equipamentos (snorkel e até mesmo cilindro) – R$ 10 a hora do snorkel.

 Dicas: 1) Se não quiser pegar o carro, dá pra pegar jardineira em Barra Grande (na vila) ao custo de R$ 12,50 por pessoa por trajeto. 2) Na praia mesmo tem uns quiosques bem caros, fuja! Você encontra um PF baratinho e gostosinho por 20 pila se entrar numas ruazinhas ali perto do ponto da jardineira.

 

A Bahia é maravilhosa. Bom proveito!

GRATIDÃO 

Aproveita e salva este pin no seu Pinterest! 😉

 Data da trip:  Dezembro 2015 / Janeiro 2016

Já segue o 7 Cantos do Mundo nas redes sociais?

instagrampinterest

 Comece a planejar sua viagem agora mesmo!

Reservando com os nossos parceiros, você não paga nada a mais por isso, e ajuda um pouquinho (muito!) o blog 🙂

Temos parceiros para hospedagem, seguro viagem, aluguel de carro e agência de viagens, ecoturismo e bem estar, com roteiros prontos ou personalizados.

Veja AQUI.

 Achou este post bacana? Curta, comente, compartilhe!

         

Sobre a autora Ver todos os posts Site da autora

Laura Sette

Bióloga paulistana que não vai sossegar enquanto não conhecer os sete cantos do mundo. Apaixonada por natureza e culturas, é perdendo-se por aí que ela se encontra. É viciada em livros e café, positividade é sua filosofia de vida e não perde uma oportunidade de rir e fazer rir com uma (nem tão) boa piada.

Comente! :)

19 ComentáriosDeixe um comentário

  • Laura, lindo passeio pelo Sul da Bahia, mas deixou de visitar Canavieiras, um dos maiores mangues do Brasil, uma culinária baseada nos frutos deste bioma, mas quem sabe da próxima vez? Adorei suas aventuras, no mês de Março/2016 estive no Vale do Capão e Vale do Pati na Chapada Diamantina-BA, Cachoeira da Fumaça(por cima e por baixo). Agora estou partindo nos próximos dias para o Tabuleiro e Serra do Cipó, estou animado. Obrigado Laura, você sabe viver. Quem sabe um dia nos encontrar por estes caminhos. Tudo de melhor pra você.

  • Olá Laura,

    Primeiramente parabéns pelo site. Várias informações importantes para quem quer ser aventurar por lá.
    Estou planejando uma visita ao Sul da Bahia (15 dias aproximadamente), porém com 2 crianças pequenas (5 e 7 anos). Apesar de não terem frescura, queria saber se você não recomendaria alguma dessas praias para crianças. Minhas maior preocupação é com a acessibilidade, por exemplo (não sei se eles encaram 30 minutos de caminhada), mas se tiver um barquinho ou buggy, já resolve.
    Tenho certeza que vamos curtir!
    Beijos!

    • Olá, Kelly! Destas praias que descrevi, a única que não tem acesso direto é a Prainha, em Itacaré. Mas a trilha é bem tranquila (como disse, leva uns 30-40 minutos); em todo caso, se as crianças não toparem, em Itacaré tem várias outras praias lindas, com acesso a pé, de carro (talvez algumas por barco? Não sei, pois o mar por lá é um pouco bravo).
      Muito obrigada pelo elogio, comentário e confiança! 🙂
      Boa viagem pra vocês! Um beijo

  • Ola! Somos um casal argentino e estamos planejando uma viagem na Bahia em abril-maio. Queriamos fazer todos os lugares que voce escreve, comencando em Salvador e descer pelo litoral até Cumuruxatiba e voltar, mas agora vemos que é temporada de chuvas lá. Lemos que nas costas das baleias e do descobrimento chove menos do que Cacau e Dende. Ficamos preocupados.
    Alguem que tenha feito ese roteiro nesses meses? Obrigado

    • Hola Juan!

      Bueno… en mayo, generalmente no es tan lluvioso. La lluvia en Bahia sea en el sur o norte no llega a dificultar un viaje. No te preocupes… si llueve un dia, en otro tiene sol que te vas olvidar de la lluvia, jejeje … pero lo que es mejor hacer, es planear mas dias en cada lugar para que pueda aprovechar al maximo.

      Si tiene dudas, puede llamarme por email como te escribió Laura.

      Saludos y buen viaje!

  • oi ,laura ,como nativa ,gostei muito da divulgação das nossas praias ,eu moro na praia de pitinga ,próximo a taipe em arraial dajuda`. aproveitando e respondendo a informação sobre nosso clima ,realmente a costa do descobrimento e das baleias são as menos chuvosas em nosso estado
    quando retornar, aproveite para visitar guaiú ao norte de santa cruz Cabrália , maravilhosa e é só de atravessar o rio do João de tiba.
    um abraço
    mama

    • Olá, Mama!
      Obrigada pelo seu comentário, fico feliz que tenha gostado 🙂
      Obrigada pelas informações sobre o clima. Eu cheguei a ir a Guaiú, mas não fui à praia, acredita? (fui visitar um amigo)
      Boa desculpa para voltar, né? 🙂
      Abraço!

  • Oi Laura, o sul da Bahia é mesmo lindo. Cumuruxatiba, tem muitas outras praias e mais bonitas do que a do centro. Vale conferir Tororão e Japara Grande no caminho pela estrada litorânea entre Prado e Cumuruxatiba. Imbassuaba, Calambrião, Barra do Caí e praia do Moreira depois da praia do centro. Todas em estrada de terra mas de fácil acesso.

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *