7 Cantos do Mundo

Lübeck, a encantadora cidade medieval alemã

Lübeck é uma pequenina e encantadora cidade medieval situada no norte da Alemanha. Suas principais construções são datadas do Século XII e se concentram em uma pequena ilha, rodeada por canais. Passamos um fim de semana por lá, e acredito que seja tempo suficiente para conhecer suas principais atrações. Vou contar um pouquinho sobre a cidade e dar algumas dicas do que fazer por lá em uns 2-3 dias.

Centro histórico de Lübeck

Centro histórico de Lübeck – ou o que restou do meu mapa

Um pouquinho da história de Lübeck


Lübeck foi fundada em 1143, tendo sido a primeira cidade ocidental na costa Báltica. Ela é conhecida como a Rainha da Liga Hanseática, por ter sido o centro desta aliança mercantil que monopolizou o comércio sobre o norte da Europa e o Mar Báltico entre os Séculos XII e XVII.

O centro medieval de Lübeck foi declarado Patrimônio Histórico da Humanidade pela UNESCO em 1987, e esta foi a primeira vez que uma cidade antiga inteira no norte da Europa recebeu este título.

O que não faltam são construções com rico valor histórico de diferentes épocas: Gótico, Renascentista, Barroco e Clássico. São igrejas, monastérios, becos, pátios, fortificações, casas burguesas, etc.

Até as ruas comuns são charmosas

Até as ruas comuns são charmosas

Como chegar em Lübeck a partir de Copenhague


A opção de transporte mais em conta que encontramos saindo de Copenhague foi o ônibus. A viagem dura apenas meia hora a mais que o trem direto (totalizando 4,5 horas), e custa em média € 20-25 pela Flixbus e € 29-33  pela Eurolines (só ida). Lembrando que neste caso os preços infelizmente seguem a lógica das passagens aéreas: encarecem nos horários “nobres” de escapulidas de fim de semana – isto é, sexta a partir do fim da tarde e domingo fim da tarde/à noite.

Ele faz o caminho mais curto do mapinha aí em cima, que inclui uma travessia em uma balsa (que na verdade é um navio!); ônibus, carros e trens (!) entram nos porões e durante a travessia (cerca de 30-40 minutos), os passageiros sobem ao convés, que conta com restaurante, café, free shop, casa de câmbio etc. Uma chiqueza só!

Na minha opinião, o trem com várias baldeações não vale a pena! Dependendo do horário/combinações de trens, pode durar de 6 a 14 (!) horas de viagem, e pode custar de € 39 a € 80 (!). Só ida.

Nota mental: as empresas indicam que o ônibus sai da “Copenhagen Central Train Station”, mas não é exatamente assim. Nem perca tempo entrando na estação; o ônibus sai de uma rua nos arredores dela (chamada Ingerslevsgade), em um ponto de ônibus com a indicação das empresas que dali partem.

 Dica de hotel: Ringhotel-Jensen

O que fazer em Lübeck em um fim de semana


Holstentor e Burgtor

São os portões da cidade – pois lembre-se que cidades medievais eram muradas, ou neste caso, circundada por canais. São belas e enormes construções de pedra, que valem a visita e umas belas fotos.

Catedral de Lübeck e demais igrejas

Lübeck é também conhecida como “a cidade das 7 torres”. Não é difícl entender o porquê! Só o que se vê na cidade são as super altas e pontiagudas torres verdes das várias igrejas góticas espalhadas pela ilhota. A gente até se confunde – “será que já fui nessa igreja?” Hehe

Catedral de Lübeck

Catedral de Lübeck

E elas são enormes por dentro! Acabamos entrando mesmo apenas na Catedral de Lübeck, pois era de graça (mão de vaca mode: on); nas demais, ficamos só no hallzinho de entrada e demos uma espiadela. Mas até que deu pra ter uma boa visão do interior, vide a Igreja St. Mary. Ó:

Interior da Igreja St. Mary | Foto: Alexandre Magno

Interior da Igreja St. Mary | Foto: Alexandre Magno

St. Annen-Museum

Um museu bem interessante, que conta muita história desde quando se tem registros da cidade de Lübeck e região, aproximadamente no Século XII.

  • Tempo de visitação: cerca de 2 horas
  • Entrada: € 7,00
Museum für Natur und Umwelt

Claro que a bióloga aqui não ia perder este, né? Um museu bem bacaninha sobre a fauna da região de Lübeck, desde a pré-história.

  • Tempo de visitação: cerca de 1 hora
  • Entrada: € 6,00
TheaterFigurenMuseum

O TheaterFigurenMuseum foi uma das coisas que mais gostei em Lübeck! É o museu do teatro de marionetes (ou bonecos, fantoches).

TheaterFigurenMuseum

TheaterFigurenMuseum

Este tipo de teatro era muito comum na Idade Média, e sua tradição se perpetua até hoje. Ele foi especialmente popular nos séculos XVIII e XIX, e teve importância política no século XX – chegando a ser utilizado até para propaganda nazista, acredita?

Museu interessantíssimo! Vale muito a visita!

PS: Soubemos – tardiamente – que teria uma apresentação de teatro de marionetes no último dia que estávamos lá. Então, se você tiver interesse, vale se informar sobre possíveis espetáculos para a data que você for.

  • Tempo de visitação: cerca de 1,5 hora
  • Entrada: € 7,00

 Dica: visite um museu e o próximo (dentro de 48h) sai pela metade do preço! Mas isso só vale aos pares, ou seja, na visita a um terceiro museu, acabou a mamata e o preço volta a ser inteiro.

Está curtindo? Então que tal curtir também no Facebook? 🙂

Vilas, becos e pátios do Século XVII

A cidade é toda, eu diria, enfeitada por casas, pátios e becos de várias épocas – sendo mais frequentes as vilas do Século XVII.  Estas, especificamente, foram construídos pelo respeitado conselheiro Johann Füchting.

A mais notável e famosa destas construções é o Füchtingshof (ou Pátio de Füchting), vila barroca construída em 1639, contando com um belo portal  de arenito. Suas casas foram renovadas alguns séculos depois, e ainda são habitadas. São uma graça!

Entrada: grátis | Observe o pedido de silêncio e discrição em respeito aos moradores.

Jardim Botânico

Infelizmente, este teve que ficar para depois. Caminhei super empolgada até ele, que fica fora da ilha, só para dar de cara com o portão! Pois é, não sabíamos, mas o Jardim Botânico só funciona de 01/04 a 31/10 (das 8h00 às 20h00).

Feiras de Natal (Weihnachtsmarkt)

Por motivos óbvios, estas feiras só acontecem do final de novembro ao final de dezembro. #dica

Lübeck é conhecida como a capital do Natal do norte da Alemanha; suas Christmas Markets são as mais famosas da região. Então, por mais que você já esteja de saco cheio bem familiarizado com estas feiras de Natal, já que elas são super comuns nas cidades europeias nesta época do ano, vale a pena visitar as desta cidade hanseática.

Por que? Pois elas são múltiplas e temáticas! Apenas para citar alguns exemplos:

 Traditional Christmas Market: é a versão tradicional da feira de Natal – que por si só já é bem maior e mais variada que a de Copenhague, por exemplo.

Craft Market St. Petri: esta feira de artesanato fica dentro da Igreja St. Petri (a igreja da cultura de Lübeck, ou Kulturkirche). Ainda que úteis e contemporâneos, os produtos parecem ser inspirados em séculos passados, pois há muita coisa feita de madeira, couro, tecido etc. É uma coisa mais linda que a outra! Os produtos à venda não são super baratos (claro, são artesanais), mas vale a pena conhecer e ficar babando. A entrada custa € 2,50.

Historic Christmas Market: esta foi a que eu mais gostei! É uma versão medieval da feira de Natal, com direito a barracas de roupas e apetrechos da Idade Média, e até mesmo um show de música, com instrumentos da época e artistas fantasiados. Interessantíssima!

PS: Lübeck é famosa também pelos marzipãs – boa notícia pra quem gosta desse doce de amêndoas (o que não é o meu caso 😛 ).

Se estiver pela Alemanha ou Dinamarca e tiver uns dias sobrando, inclua Lübeck no seu roteiro. Vale super a pena! 🙂

Retrospectiva 2016 - 7 Cantos do Mundo - Lübeck - Alemanha

GRATIDÃO 

Gostaria de agradecer especialmente os usuários do Dubbi que me deram várias sugestões de lugares para passar este fim de semana “de mel” – dentre eles, Lübeck. Eu nunca tinha ouvido falar da cidade, e a dica foi certeira! 🙂

Aproveita e salva este pin no seu Pinterest 😉

 Data da trip: Dezembro de 2016.

 Já segue o 7 Cantos do Mundo nas redes sociais?

instagram

 Comece a planejar sua viagem agora mesmo!

Reservando com os nossos parceiros, você não paga nada a mais por isso, e ajuda um pouquinho o blog 🙂

Temos parceiros para hospedagem, seguro viagem, aluguel de carro e agência de viagens, ecoturismo e bem estar, com roteiros prontos ou personalizados.

Veja AQUI.

 Achou este post bacana? Curta, comente, compartilhe!
         

Sobre a autora Ver todos os posts Site da autora

Laura Sette

Sou paulistana, bióloga, viciada em viagens, trilhas, livros e café, curiosa incansável e nerd assumida. Considero-me uma eterna aprendedora, e estou em constante busca da minha melhor versão. Acredito no poder transformador do autoconhecimento, e que, com amor e verdade, somos capazes sim de mudar o mundo! Moro atualmente na Dinamarca, como parte do grande plano de conhecer os 7 Cantos do Mundo.

Comente! :)

26 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Inline
Inline